Preparo básico do Arroz Negro

O Arroz Negro é um tipo de arroz integral exótico de coloração escura e sabor acastanhado.
Pesquisando sobre ele, encontrei essa matéria que conta um pouco de sua história e resume suas propriedades nutricionais: Nutrição em Foco – Arroz Negro.
Atendendo a pedidos, colocarei aqui a receita básica de preparação desse arroz:

INGREDIENTES:

– 1 copo de arroz negro
– 2 ½ de água
½ colher de chá de sal

MODO DE FAZER:

Colocar o arroz, a água e o sal em uma panela de pressão e tampá-la. Deixar em fogo alto até ferver (até chiar). Em seguida, baixar o fogo para baixíssimo (conforme padrão apresentado na postagem Chamas do Fogão) e deixar cozinhando por aproximadamente 25 minutos.
Abrir a panela e verificar se o arroz está cozido. 
Se o objetivo for utilizar o arroz no preparo de um risoto, deixá-lo cozido, mas bem consistente). Caso, após abrir a panela, ainda haja água, deixar secar em fogo baixíssimo, mas sem pressão. 
Já se o objetivo for consumir o arroz cozido, sem passar por nenhum outro processo de cozimento, pode-se deixá-lo cozinhando mais uns 5 minutos na pressão.
Na próxima postagem, colocarei a receita do Arroz Negro com Bacalhau:
Bom Apetite!
DICAS:
a) Caso se queira aumentar a quantidade de arroz, colocar sempre 1 ½ copo de água a mais do que a quantidade de arroz. Dessa forma, se for fazer 2 copos de arroz negro, acrescentar 3 ½ copos de água.
b) Antes de acrescentar a água e colocá-lo na pressão, pode-se refogar o arroz com azeite e alho.
c) Esse arroz combina bastante com frutos do mar.
d) A marca que eu compro é a Ruzene. O Site Oficial possui uma série de receitas e informações nutricionais.
                                 Foto retirada do Site Oficial.

24 comentários em “Preparo básico do Arroz Negro

  1. Detinha, pra mim, tem um sabor de arroz integral com castanha… É bem \”acastanhado\” mesmo. Mas cada um pode ter uma percepção diferente. 😉

    Curtir

  2. Olá, Felipe! Pelo que andei lendo, a origem do arroz negro foi na China.Porém, não vemos receitas orientais usando-o tradcionalmente.Eu já fiz com cogumelos refogados e shoyu e ficou MUITO bom.

    Curtir

  3. Fiz hoje, pela primeira vez. Na panela normal, em lume baixo, e não levou mais que meia hora. Muito saboroso, sobretudo com refogado com cebola e alho. A ideia de juntar cogumelos é óptima! Muito obrigada.

    Curtir

  4. Eu cozinhei sem pressão e já fiz várias vezes, só que leva uma hora, quase, uso sempre caldo de alguma coisa, como vivo no litoral geralmente é a base de camarão, gosto de fazer sem pressão pois controlo o cozimento dele, é divino…

    Curtir

  5. Fiz pouco p experimentar. Deixei de molho da noite p o dia. Servei a agua negra p o cozimento. Refoguei c alho cebola e um pouco de óleo. Cozinhei na pressão em 10 min abri acertei osal e finalizei c a panela aberta. Divino!!! Realmente tem um sabor de castanhas. Vou misturar numa salada c cevadinha e ervilhas.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s